Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Abraço ou Sorriso

Quarta-feira, 26.09.07

O dia está infindável, lento, pastoso, tens os pensamentos em atropelos inquietos. Sentes-te quase nada, no reboliço de ti.

Hoje não estas comigo. Não sentes.

No teu olhar, tens a sombra de dias esquecidos, de anos naufragados nas águas tempestuosas de um oceano só teu, onde só tu mergulhaste, sem ajuda de mãos que te salvassem de um afogamento à vista.

Estás aqui tão perto, e também eu não te sinto! Não dominas os sentimentos que irrompem dessa nuvem espessa que carregas.

Caminhas sem traçar o rumo de um caminho que esperas há muito.

Neste dia infindável...não sentes o teu corpo, apenas o vês de longe e não o reconheces.

Mas agora queres tê-lo de volta, entrar nele disfarçada de ti, numa secreta melodia.

Descobrir nele restos de sensações julgadas perdidas...deixá-las sair, acariciar cada uma, como se nunca as tivesses conhecido.

Não sentes nada.

Ainda não sentes que há vida para lá de ti, para lá de um muro que ergues quando não te encontras

quando não sentes.

No silêncio deste nosso encontro, no olhar perdido enquanto levamos a chávena de café à boca, revemos num filme rápido, outros dias...infindáveis, lentos, pastosos.

Despedimo-nos sem abraço ou com abraço.

lágrima ou sorriso...decido tão rapidamente que já te abraço num largo sorriso.

Sentiste?

Eu senti!

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por dolce_vita às 00:11


11 comentários

De Cova do Sono a 27.09.2007 às 02:29

Não me despeço, antes envio um abraço, pela bela serenidade que aqui venho ler. Curioso... numa fase em que compreendo melhor do que nunca a importância de um soriso.

De Cova do Sono a 27.09.2007 às 02:29

Não me despeço, antes envio um abraço, pela bela serenidade que aqui venho ler. Curioso... numa fase em que compreendo melhor do que nunca a importância de um soriso.

De flor_incognita a 27.09.2007 às 13:25

Olá, passei por aqui para deixar um abraço e um beijinho!
Até sempre!

De nofimdoarcoiris a 27.09.2007 às 13:29

Vim aqui ter após um comentário que fizeste no meu blog! Gostei do que li! Vou voltar...

De joão palmela a 27.09.2007 às 16:28

Eu também Senti Amiga Rosa, Senti o Carinho, Senti o Conforto, Senti a Poesia, Sente-se tudo isto no ar e na Forma como o Diz.
Adeus um Abraço do Amigo,
João Palmela

De daplanicie a 27.09.2007 às 18:02

É sempre um prazer vir aqui mergulhar nas palavras que se estendem com suavidade e plenas de amor.
Beijinho

De Daniela a 27.09.2007 às 19:17

ola!
Devo confessar que não sei bem como aqui cheguei, mas adorei o que li!
Escreve muito bem, parabens!

Entretanto, vou passando! :)

beijinhos

De angel a 27.09.2007 às 19:39

Se ler...este texto tenho a certeza..que algo terá mesmo de sentir...
Muito belo o texto...
Boa Noite...

De estreladosul a 28.09.2007 às 09:13



Bm dia, minha amiga.
LINDO!!!!!!!!!!
Revejo-me neste lindo poema. Muito SENTIR... Muita SENSIBILIDADE...
Obrigado por me ajudares a olhar para dentro de mim.

Bom fim de semana

Bjinho amigo

Mario Rodrigues

De Lua de Sol a 01.10.2007 às 11:01

Que lindooooo, Rosa!
Encontros assim, com café, silêncio, pensamentos pastosos e um sorriso para terminar são sempre bem publicados.
Sentiste?!
Senti!

Beijinhos

Comentar post


Pág. 1/2





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Setembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30